domingo, 14 de outubro de 2012

Tarte frangipane de figos

Posto esta receita hoje pois fui uma das vencedoras do 13º Desafio Teka. É uma receita repetida à exaustão aqui por casa, levo-a muitas vezes quando vamos almoçar em casa de outras pessoas, e é sem dúvida maravilhosa. Fiz alterações à que cá tinha postado anteriormente, tendo conseguido um sabor mais completo e complexo.

Ainda que não esperasse ganhar, não deixa de me surpreender as críticas à mesma, justificando que não é uma receita original, pque foi feita na bimby e porque não corresponde ao gosto pessoal (em termos fotogénicos e de palato) de todos. Gostos são gostos, claro. Mas esses dois tópicos. Originalidade das receitas e o aversão à bimby por parte de quem não a tem são recorrentes em passatempos do género.

Uma receita é original quando a sua versão é própria daquela pessoa, e mais ninguém a faz igual (pelo menos até ser partilhada a receita). Não compreendo como há tanta gente a ter gosto em roubar receitas com respectivas fotos e tomá-las como suas. E como há pessoas que colocam o que fazem, sem colocar a fonte de onde a foram buscar ou onde se basearam.

A aversão à bimby é outro tópico, sim é cara, mas não deixa de ser uma máquina magnífica nos tempos modernos. Não cozinha por nós, não faz de nós melhores cozinheiros. É uma ferramenta, tal como um microondas um forno ou uma varinha mágica. Faz-nos poupar tempo e dinheiro e paga-se a ela própria. Se não têm e não compreendem. Sigam em frente.

Desculpem, mas estes assuntos são recorrentes quando se vêm receitas pela internet e já começam a saturar.

Agora o que importa. Foi feita com uns maravilhosos figos lampo caseiros, em plena época a pedirem para serem cozinhados. A amêndoa é também ela de produção regional. Produtos do melhor que há, portanto!


Ingredientes:


Base
190 g de farinha
25 g de açúcar em pó
1/2 ovo
100 g de manteiga

Doce de figo
600 g de figo lampo com casca
200 g de açúcar amarelo
1 laranja pequena sem pele e sem caroços
1 vagem de baunilha

Recheio da tarte
125 g de manteiga
90 g de açúcar em pó
2 1/2 ovos
75 g de amêndoas com pele
50 g de amêndoa sem pele
Figos lampo com casca

Preparação:



Doce de figo
1. Colocar os figos, o açúcar e a laranja na bimby e triturar 6 segundos na
velocidade 5.
2. Abrir a vagem de baunilha, retirar as sementes para o copo e adicionar a
vagem.
3. Programar 25 minutos, 100ºC, colher inversa.
4. Substituir o copo pelo cesto sobre a tampa da bimby e programar 10
minutos, varoma, colher inversa.
5. O que não for utilizado para a sobremesa, reservar em frascos
previamente esterilizados.

Base
1.Num processador de alimentos misturar a manteiga com a farinha e o
açúcar. Acrescentar o meio ovo e processar até a massa estar ligada (na
bimby, alguns segundos na velocidade 4).
2. Estender a massa e forrar a forma de tarte. Colocar a forma no
frigorífico enquanto se prepara o recheio.

Recheio e montagem
1. Aquecer o forno a 180ºC.
2. Cobrir o fundo da tarte com o doce de figo.
2. No processador de alimentos, misturar o açúcar em pó com a manteiga, as
amêndoas e o licor.
3. Acrescentar os ovos e processar até ficar um creme fofo. Colocar sobre a
camada de doce.
4. Decorar com a fruta e levar ao forno até ficar dourada (aproximadamente
30 minutos).
5. Polvilhar com açúcar em pó no momento de servir.


Espero que gostem!


Tal como em todas, quem pretender a receita pelo método tradicional, por favor, contactem-me: ostemperosdaargas@gmail.com