sexta-feira, 3 de junho de 2016

Pão sem glúten - que sabe a pão!

Desde que deixei de consumir glúten, encontrar um pão, ou algo semelhante a um pão era essencial. Ainda que não sinta falta dele ao pequeno-almoço, sinto por vezes falta dele para acompanhar um marisco ou comer simples com manteiga.

As farinhas ditas sem glúten, são na verdade preparados de farinha, altamente processados, e são, portanto, de evitar. São carregados de aditivos, de milho (geralmente transgénico) e arroz, ingredientes que tento evitar.

Outro aspecto importante é que não gosto de pães com ovos, não me sabem a pão, mas a bolo! E não gosto de pães com farinha de amêndoa...estou limitada, não é verdade? Pois este agrada-me e a todos cá de casa (pequenitas incluídas) e muito! Simples de preparar com ingredientes bons, baratos e fáceis de encontrar. Vamos a isso? ;)



70 g trigo sarraceno
140 g sementes variadas
170 g polvilho doce
1 colher sobremesa mel de rosmaninho
1 colher de sopa de azeite
Sal qb
1 colher café bicarbonato de sódio
1 saqueta levedura sem glúten
200 ml água

O robot Optimum ThermoCook é perfeito para fazer as farinhas e é o usei para fazer esta receita. Podem no entanto fazerem qualquer robot ou até com a batedeira, desde que se utilize a farinha de sarraceno e sementes.

1. Começar por colocar o sarraceno e as sementes no robot e pulverizar 30 seg. vel. 9 .
2. Adicionar os restantes ingredientes e programar no programa "Knead" - amassar. Em alternativa podem programar 30 seg. na vel. 4, utilizando o programa manual. 
3. Deixar levedar 30- 45 minutos em recipiente tapado.
4. Colocar numa forma, polvilhar com sementes a gosto e, sem deixar levedar novamente, colocar no forno a 200ºC até estar cozido.

A textura do pão muda com o arrefecimento, a quente está mais húmido e a frio fica com uma textura mais próxima do pão. São ambas boas, apenas diferentes.



Espero que gostem desta partilha!